Piloto da Bahia conquistou o Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra 2019 na categoria Autocross, a mais rápida disputada fora do asfalto. O também baiano Adroaldo Weisheimer ficou com o segundo lugar e Celsinho Mello em terceiro.

A temporada 2019 do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra (BRVT) levou as emoções da decisão até as últimas voltas da última bateria, neste sábado (2), em Cuiabá (MT). O piloto baiano William Cancelier conquistou o seu primeiro título nacional após terminar a última prova na oitava posição e superar Adroaldo Weisheimer, que precisava chegar na segunda colocação, mas terminou em quinto. Com o resultado, Weisheimer ficou com o vice-campeonato, seguido por Celsinho Mello (3º), Vanderlei Reck (4º) e Gilliard Scheffer fechando o top-5.

“Vencer o campeonato é o reconhecimento de um ano inteiro de trabalho, eu só tenho que agradecer a Deus por tudo isso, agradecer aos mecânicos, à minha família. Foi um fim de semana muito bom. É o meu primeiro título e Cuiabá se torna mais especial agora. Eu sempre andei bem aqui, saí da primeira etapa líder e estou fechando o campeonato com o título aqui. Foi demais”, comemorou Cancelier logo após sair do carro #765 e receber a notícia do título.

A temporada 2019 do BRVT trouxe inovações para a categoria, entre elas a transmissão ao vivo das provas pelo YouTube do campeonato e a parceria com a fabricante de pneus Firestone. “Foi um ano importante para o BRVT, tivemos muitas novidades, continuamos a nossa parceria com a UPL que foi o nosso patrocinador máster, teve a chegada da Firestone como patrocinador platinum e foi muito importante poder dar um subsídio aos pilotos”, avaliou Gian Pasquali, presidente da Comissão Nacional de Velocidade na Terra da CBA. “Foram quatro etapas realizadas e muito esforço e comprometimento de toda a nossa equipe, das equipes de apoio, dos pilotos. Sem esse comprometimento, seria impossível alcançar esse sucesso”, completou.

Sétima prova
O título de Cancelier começou a ser desenhado na sexta-feira, com a disputa da sétima prova da temporada. Adroaldo Weisheimer se deu melhor, fazendo a pole para a primeira bateria e terminando as corridas com um segundo lugar (Bateria 1) e uma vitória (Bateria 2), somando 48 pontos. O segundo lugar da prova ficou com William Cancelier, também da Bahia, com 46 pontos depois de conquistar a vitória na primeira bateria, volta mais rápida e sexto lugar na segunda corrida. Completou o top-3 o piloto local Fernando Scheffer, com um quarto lugar na primeira corrida e um terceiro na segunda.

Oitava prova e título
O título foi consolidado no sábado, mas não foi fácil. Quem conquistou a pole position foi Adroaldo novamente e tudo ficou em aberto antes da largada para a primeira bateria. Adroaldo largou bem, mas logo no início da prova teve problemas com o seu câmbio e foi obrigado a abandonar. Cancelier então passou a ser o favorito, mas um título não viria tão fácil. O piloto do carro #765 teve problemas com o cabo do acelerador, entrou nos boxes e a equipe teve que improvisar para que William voltasse para a pista acelerando com a mão, puxando o cabo do acelerador. Essa primeira bateria terminou com Valdir Jacobowski em primeiro, Wellington Antunes em segundo e Gilliard Scheffer em terceiro. Cancelier terminou em 13º.

Na segunda bateria, os favoritos ao título largaram do meio para o final do pelotão e a briga de Adroaldo era para vencer a corrida e torcer para que Cancelier terminasse até a sétima colocação. Adroaldo terminou em quinto e Cancelier em oitavo, garantindo o seu primeiro título Brasileiro. A bateria final foi vencida pelo piloto Athus Biruel, de São Paulo. Completaram o top 3 Alexandre Garcia e Marlon Fedrizzi.

A quarta, e última, etapa do BRVT 2019 teve realização da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Federação de Automobilismo do Estado do Mato Grosso (FAEMT) e Autódromo Bom Futuro. O certame conta com patrocínio máster da UPL e da Firestone como patrocinador platinum.

Resultados da 7ª Prova do BRVT, em Cuiabá (MT):

Classificação:
1. #33 Adroaldo Weisheimer, 1min23s527
2. #765 William Cancelier, 1min24s317
3. #12 Leandro Castilhos, 1min24s147
4. #77 Alexandre Garcia, 1min26s184

Corrida 1 (top 5):
1. #765 William Cancelier, 18 voltas em 28min24s721
2. #33 Adroaldo Weisheimer, a 0s500
3. #77 Alexandre Garcia, a 1s426
4. #538 Fernando Scheffer, a 2s734
5. #599 Gilliard Scheffer, a 3s027

Volta mais rápida: #482 Celsinho Mello, 1min28s128

Corrida 2:
1. #33 Adroaldo Weisheimer, 18 voltas em 25min00s775
2. #25 Vanderlei Reck, a 15s207
3. #538 Fernando Scheffer, 17s224
4. #12 Leandro Castilhos, 19s712
5. #509 Valdir Jacobowski, 21s710

Volta mais rápida: #765 William Cancelier, 1min21s391

Resultados da 8ª Prova do BRVT, em Cuiabá (MT):

Classificação:
1. #33 Adroaldo Weisheimer, 1min22s037
2. #765 William Cancelier, 1min22s483
3. #599 Gilliard Scheffer, 1min22s769
4. #9 Wellington Antunes, 1min22s910
5. #78 Marlon Fedrizzi, 1min23s743

Corrida 1:
1. #509 Valdir Jacobowski, 18 voltas em 27min35s080
2. #9 Wellington Antunes, a 8s965
3. #599 Gilliard Scheffer, a 14s263
4. #496 Athus Biruel, a 16s520
5. #12 Leandro Castilhos, a 21s302

Volta rápida: #538 Fernando Scheffer, 1min25s292

Corrida 2:
1. #496 Athus Biruel, 18 voltas em 25min41s022
2. #77 Alexandre Garcia, a 6s572
3. #78 Marlon Fedrizzi, a 9s669
4. #482 Celsinho Mello, 10s120
5. #33 Adroaldo Weisheimer, a 10s608

Volta rápida: #33 Adroaldo Weisheimer, 1min22s182

Pontuação final do campeonato de Autocross (top 5):
1. #765 William Cancelier, 229 pontos
2. #33 Adroaldo Weisheimer, 225
3. #482 Celsinho Mello, 220
4. #25 Vanderlei Reck, 215
5. #599 Gilliard Scheffer, 188

Etapas do BRVT 2019:
1ª etapa – Dias 26, 27 e 28 de abril – Autocross – Cuiabá (MT)
2ª etapa – Dias 14, 15 e 16 de junho – Autocross, Kartcross e Turismo VNT – Cordeirópolis (SP)
3ª etapa – Dias 2, 3 e 4 de agosto – Autocross e Kartcross – L.E.M. (BA)
4ª etapa – Dias 1, 2 e 3 de novembro – Autocross – Cuiabá (MT)

Informações para a imprensa:
CS Press & Content