Hoje em dia, você encontra uma câmera digital de qualidade no smartphone, mas pode usar também os modelos profissionais e até os modelos analógicos com o bom e velho filme que precisa ser revelado. Tudo isso se deve a décadas de avanços, é verdade, mas a maior parcela de créditos deve mesmo ir para a Kodak.

A Kodak Company é uma companhia multinacional dedicada ao desenho, produção e comercialização de equipamento fotográfico. A atual empresa tem seu antecedente na Eastman Dry Plate Kodak Company fundada pelo inventor norte-americano George Eastman e seu parceiro o empresário Henry Strong, em 4 de setembro de 1888.
Seu grande sucesso comercial foi à introdução no mercado do rolo de filme fotográfico, o que provocou a substituição das placas de cristal usadas até o momento, assim como o lançamento da máquina Kodak 100 Vista, que utilizava rolos de 100 fotos circulares e para cuja campanha de promoção se usou a frase “Você aperta o botão, nós fazemos o resto”. Posteriormente, lançou o rolo de filme de celuloide que terminou por utilizar uma proteção que permitia sua extração e colocação sob a luz solar.
Desde 1900 já fazia câmeras fotográficas modernas na época. A Kodak produziu sua primeira câmera digital na década de 1990. O software da companhia chama-se EasyShare.
Em 2007 a empresa lançou o negativo VISION3 em substituição ao VISION2 que teve sua produção encerrada no mesmo ano.
A Kodak possuía operações de manufatura na América do Norte e Ásia, e os produtos Kodak estavam disponíveis em praticamente todos os países.
Em 2012, segundo o The Wall Street Journal a empresa estaria se preparando para solicitar sua falência[1], o que se confirmou em 19 de janeiro de 2012, quando a Kodak apresentou perante um tribunal de Nova Iorque um pedido de concordata para reorganizar seus negócios.[2]
Em fevereiro de 2012, anuncia que deixaria de fabricar câmeras digitais de foto e vídeo[3].
No ultimo semestre de 2014 que a empresa anunciou o lançamento de smartphones em parceria com a Bullitt Group, o Kodak Instamatic 5, sendo o primeiro apresentado em janeiro de 2015 na CES. Os smartphones seriam destinados a entusiastas da fotografia[4].
No final de 2016, lançou mais um smatphone denominado Ektra que aposta forte na componente de fotografia, incorporando, por exemplo, câmaras de 21 e 13 MP.